LOCALIZAR

TRANSLATE

Leonard Ravenhill

BIOGRAFIA CRISTÃ Nº 28: Leonard Ravenhill (1907-1994), também conhecido como Pastor Ravenhill, foi um inglês Evangelista; Avivalista; Escritor; Professor; e Especialista em História da Igreja.
"Eu [Jesus] Sou a videira, e vocês são os ramos. Quem está unido Comigo e Eu com ele, esse dá muito fruto porque sem Mim vocês não podem fazer nada." (João 15:5, NTLH, SBB).
"Ora, vocês são o Corpo de Cristo, e cada um de vocês, individualmente, é membro desse corpo. Assim, na igreja, Deus estabeleceu primeiramente apóstolos; em segundo lugar, profetas; em terceiro lugar, mestres; depois os que realizam milagres, os que têm dons de curar, os que têm dom de prestar ajuda, os que têm dons de administração e os que falam diversas línguas. São todos apóstolos? São todos profetas? São todos mestres? Têm todos dons de curar? Falam todos em línguas? Todos interpretam? / Entretanto, busquem com dedicação os melhores dons. Passo agora a mostrar-lhes um caminho ainda mais excelente." (1ª Coríntios 12:27-31, NVI, SBI).
"Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém o maior destes é o amor." (1ª Coríntios 13:13, VRA, SBB).

Leonard Ravenhill
Leonard Ravenhill.
(1907-1994)
Leonard Ravenhill nasceu na cidade de Leeds, no condado de West Yorkshire, na Inglaterra. Sua experiência salvífica em Cristo Jesus sucedeu quando tinha apenas 14 anos de idade.

Sua família cristã vivenciava ritos religiosos, mas faltava a Realidade da Vida de Deus e o Poder do Espírito, até que um dia seu pai foi alcançado pelas pregações do Sr. David Matthews que vivenciou o avivamento no país de Gales e escreveu o clássico "Eu vi o Avivamento Galês".

Bem, meu pai nunca tinha estado em reuniões como aquelas com fervor e alegria. Particularmente, eu me lembro de ver David Matthews quando eu tinha cinco anos de idade. Eu nunca vi alguém pregar daquela forma. (...). / Meu pai tornou-se fervoroso no espírito servindo ao Senhor. Eu nunca o vi abatido nem sugerir a respeito de desistir. Quando ele foi salvo, jogou fora seu interesse no futebol profissional que naturalmente se tornou um estilo [de vida] na Inglaterra. Leonard Ravenhill.
Não tínhamos muito dinheiro pois meu pai era um operário. (...) aos 14 anos ele me levava para uma reunião de meia-noite de oração (...). Eles oravam, e o meu pai, que era uma homem grande, tirava o seu casaco à uma hora da manhã em uma sala que não tinha aquecedor e orava com fervor e lágrimas. / A partir daquele dia, eu reconheci que havia algo muito além do que ser um Cristão padrão. Depois disto,  fui para as classes Metodistas e aos 14 anos estava cheio da alegria do Senhor e, quero dizer, as pessoas falavam como se Deus vivesse com elas o tempo todo, e Ele vivia. Leonard Ravenhill.

Leonard Ravenhill
Leonard Ravenhill.
(1907-1994)
Estudou no Cliff College - Faculdade Teológica Cristã - alcançando ótimo desempenho sobre a História da Igreja com especialização sobre avivamentos cristãos. Durante seus estudos, foi aperfeiçoado pelo professor e diretor da faculdade, Sr. Samuel Chadwick, ministro do evangelho Metodista-Wesleyano.

Ravenhill foi muito influenciado pelo Sr. Samuel Chadwick que sempre alertava: A única preocupação do diabo é impedir os cristãos de alcançarem o território da oração. Satanás não teme estudos bíblicos separados da oração, labor cristão sem oração e vida religiosa distante da oração. Ele até ri da nossa labuta, zomba da nossa sabedoria, mas treme quando oramos.

As reuniões evangelísticas promovidas por Ravenhill, durante a Segunda Guerra Mundial atraiu grandes multidões. Muitos dos convertidos entregaram suas vidas para o ministério cristão e missões estrangeiras.

Leonard Ravenhill
Sra. Martha (esposa) e Leonard Ravenhill.
Leonard conheceu e casou em 1939 com a Sra. Martha, uma enfermeira irlandesa. Da união matrimonial, nasceram três filhos, inclusive, alguns são ministros cristãos. Em 1950, Ravenhill e sua família mudaram para os Estados Unidos. No ano de 1960, promoveu várias reuniões evangelísticas e avivalistas, muitas ocorreram em tendas em vários lugares dos Estados Unidos.

Leonard Ravenhill foi professor em diversos seminários e faculdades, influenciando Keith Green, Ray Comfort, Ravi Zacharias, Tommy Tenney, Steve Hill, Charles Stanley, Bill Gothard, Paul Washer, e David Wilkerson.

Keith Green
Keith Gordon Green.
(1953-1982)
Keith Green foi multi-instrumentista gospel com ministério evangelístico para alcance dos subúrbios americanos. Em 1978, fundou Last Days Ministries - LDM que publicava periódicos com artigos dos pastores Leonard Ravenhill e David Wilkerson, além dos clássicos de Charles Finney, John Wesley, dentre outros.

Ray Comfort nasceu na Nova Zelândia e fixou moradia nos Estados Unidos, escrevendo vários livros e filmes. Também participou de diversos debates televisivos com ateus e evolucionistas.

Ravi Zacharias nasceu na Índia como descendente de sacerdotes hindus e fixou moradia no Canadá. Como cristão exerce funções de evangelista e apologista. Atualmente é professor em Wycliffe Hall e Oxford University, exercendo forte influência na apologética cristã.

Tommy Tenney é um pastor americano atuante no cristianismo pentecostal dos Estados Unidos. É autor de vários livros e alguns são considerados best-seller para o pentecostalismo americano.

Steve Hill nasceu na Turquia e fixou residência nos Estados Unidos. É um evangelista avivalista pentecostal que ficou conhecido no Brownsville Revival sucedido na Assembleia de Deus em Pensacola, Flórida.

Charles Stanley
Charles Frazier Stanley.
(1932 - 80 anos)
Charles Stanley  é pastor da Primeira Igreja Batista na Georgia e fundador do In Toch Ministries (Ministério Toque). Serviu como presidente da Convenção Batista do Sul. Stanley é um pastor evangélico Fundamentalista [teologia de reação contra a Teologia Modernista] e Dispensacionalista [teologia dos Irmãos Unidos].

Bill Gothard é um ministro cristão, orador e escritor. Também é fundador do Institute in Basic Life Principles - IBLP caracterizado pelos ensinos conservadores cristãos.

Paul Washer é fundador e diretor da Missions Coordinator of HeartCry Missionary Society que apoia o trabalho missionário para os indígenas. Também é pregador itinerante dos Batistas do Sul e foi missionário no Peru. Suas pregações são cheias de citações de Thomas Watson, John Flavel, R.C. Sproul, John F. MacArthur, George Müller, John Piper, Jonathan Edwards, George Whitefield, Charles Spurgeon, John Wesley, A.W. Tozer, Martyn Lloyd-Jones e Leonard Ravenhill.

David Wilkerson foi um pregador evangelista e escritor com características Cristocêntricas. Foi fundador do Desafio Jovem e da Times Square Church (Igreja em Times Square) em Nova York.

Leonard Ravenhill foi amigo próximo do pastor A.W. Tozer - importante escritor, editor, evangelista e mentor espiritual - que valorizava a vida de oração e foi muito influenciado pelo Movimento da Vida Interior.

Aiden Wilson Tozer
Aiden Wilson Tozer.
(1897-1963)
Aiden Wilson Tozer declarou que seu amigo Ravenhill abordava nas suas mensagens as disparidades percebidas entre a Igreja descrita no Novo Testamento e a Igreja do seu tempo. Em suas orações sempre clamava por avivamento bíblico.

O débito que o povo de Deus tem para com esses servos d'Ele é tão vultoso que nunca poderá ser pago. O curioso é que ela [Igreja] raramente tenta pagá-lo enquanto eles estão vivos. Ao invés disso, a próxima geração ergue seu sepulcro e escreve sua biografia - como se fosse instintivamente e envergonhadamente quitar uma obrigação que a geração anterior ignorou completamente. / Quem conhece Leonard Ravenhill vê nele um especialista espiritual, um homem enviado por Deus, não para realizar um ministério na obra regular cristã, mas para fazer frente aos falsos profetas, desafiando-os em seu próprio território, para envergonhar os negligentes sacerdotes que oficiam no altar, para enfrentar os profetas enganadores e advertir o povo que está sendo desviado do caminho certo por influência de Satanás e de seus emissários. / Um homem [Leonard Ravenhill] como este não é companheiro fácil. O evangelista profissional que sai correndo do culto assim que termina e vai para um restaurante luxuoso contar piadinhas com os amigos, talvez considere Leonard Ravenhill uma presença incômoda. Ele insiste em ser cristão o tempo todo e em toda parte, o que o caracteriza como diferente. Ele não silencia a voz do Espírito Santo em seu coração, como quem fecha uma torneira. / Quando se trata de Leonard Ravenhill é impossível ter uma posição indiferente. Os religiosos são divididos em dois grupos: aqueles que o amam e admiram profundamente, e aqueles que o detestam. O mesmo sucede com os seus livros. / Hoje, precisamos de homens com tais espadas de fogo como Ravenhill! Eles ficam doentes e angustiados quando vêem os filhos dos Céus agindo como os filhos da Terra. Para homens como estes, a Igreja tem uma dívida muito pesada para pagar. A.W. Tozer.  

Paul Washer
Paul David Washer.
(1961 - 51 anos)
Fui apresentado ao Sr. Leonard Ravenhill no início de minha peregrinação cristã e o impacto do seu testemunho permanece na minha vida até hoje. Ele viveu habitando na sombra do Todo-Poderoso e pregava como um enviado de Deus. Ele sabia que a presença de Deus usava seu manto e deu a ele os Seus fardos, por isso ele falava a Sua verdade. Ele era o mais raro dos commodities [substâncias extraídas da terra que mantém um preço universal] no seus dias e no nosso tempo - Ravenhill, um homem de Deus! Paul Washer

Leonard Ravenhill foi um dos poucos homens que eu já conheci, que era um verdadeiro profeta. David Wilkerson.

Meu pai viveu diariamente na Luz da Eternidade, sempre procurando agradar Aquele que o alistou como um bom soldado de Jesus Cristo. Não estava apenas no púlpito, mas permanecia diante de Deus. Ele era um homem de oração. A oração era a sua vida e sua pregação refletia suas constantes orações e longos momentos de comunhão somente com Deus. David Ravenhill.


Leonard Ravenhill
Leonard Ravenhill.
(1907-1994)
SUAS PALAVRAS:

Hoje precisamos de um reavivamento de vida santa. Por que temos que pendurar um sinal fora dos nossos locais de reunião [igrejas] para anunciar que somos Fundamentais e Bíblicos? / O maior avivamento que varreu a América não foi encenado. Não foi anunciado. Não foi financeiramente apoiado. Não tinha estrelas de cinema e ex-jogadores de futebol. Não! O maior avivamento ocorreu em uma reunião normal, quando Jonathan Edwards pregou seu sermão "Pecadores nas mãos de um Deus irado". Não havia ninguém anunciando, nem foi projetada.
De acordo com o famoso poeta norte-americano, Oliver Wendell Holmes, a mente do homem, uma vez 'esticada' através de uma nova ideia, nunca mais consegue voltar às suas dimensões originais. O que diríamos, então, da alma que ouviu o sussurro da Voz Eterna? 'As palavras que eu vos tenho dito são espírito e são vida' (Jo 6:63). / O segredo da oração é orar em secreto. Livros sobre oração são excelentes, mas são insuficientes. Livros sobre cozinhar podem ser muito bons, porém se tornam inúteis se não houver alimentos para se fazer algo prático; assim também é a oração. Pode-se ler uma biblioteca de livros sobre oração e não obter, como resultado, nenhum poder para orar. Precisamos aprender a orar, e para isso, é preciso orar. / Enquanto estiver sentado numa cadeira, pode-se ler o melhor livro do mundo sobre saúde física e, ao mesmo tempo, ir definhando cada vez mais. Igualmente, podemos ler sobre oração, admirar a perseverança de Moisés, ficar espantados diante das lágrimas e dos gemidos do profeta Jeremias - e ainda não estar prontos, nem para o bê-á-bá da oração intercessória. Como uma bala de rifle que nunca foi usada jamais apanhará uma presa, tampouco o coração que ora sem carga do Espírito conseguirá em tempo algum alcançar resultados. / 'Em nome de Deus, eu vos suplico, que a oração alimente vossa alma tal qual a refeição refaz seu corpo!', dizia o fiel Fenelon. Henry Martyn, certa vez, afirmou o seguinte: 'Meu atual estado de morte espiritual pode ser atribuído à falta de tempo e tranquilidade suficientes para minhas devoções particulares. Oh, que eu fosse um homem de oração!' Um escritor de tempos passados declarou: 'Grande parte da nossa oração é como o moleque que aperta a campainha da casa, mas corre antes de se abrir a porta'. Disso podemos estar certos: A área de recursos divinos menos explorada até agora é o lugar [território] da oração.
Se John Knox tivesse orado: 'Dá-me sucesso!', nunca mais teríamos ouvido falar dele. Porém, ele fez uma oração expurgada de desejos pessoais: 'Dá-me a Escócia, senão eu morro!', e assim marcou as páginas da história. Se David Livingstone tivesse orado para conseguir abrir o continente africano, como prova de seu espírito indomável e habilidade com o sextante, sua oração teria morrido com o vento da floresta; porém, sua oração foi: 'Senhor, quando será curada a ferida do pecado deste mundo?' Livingstone vivia em oração e, literalmente, morreu de joelhos, em oração.
Leonard Ravenhill
Leonard Ravenhill.
(1907-1994)
Todo o tempo eu tentei me alimentar espiritualmente, recolhi livros e tenho uma prateleira de livros sobre oração e uma pilha inteira de livros sobre Avivamentos Históricos que nós não temos mais. / Que eu saiba, a América não vivenciou um avivamento nos últimos 70 anos. Quero dizer, aquele avivamento que faz com que as pessoas fechem as lojas, cheguem em suas casas e queiram voltar para as reuniões cristãs [cultos]. Mas, não para reuniões que começam 19h e findam quando chega 20h, pelo contrário, chegam para reuniões que começam 19h até 24h, até que o Espírito Santo seja desfrutado. / Eu acho que, muitas vezes oramos para o Espírito vir, mas qual é a motivação, o que queremos d'Ele? Apenas aumentar nossa membresia? Apenas para livrar nossos filhos do Diabo? Quero dizer, será que somos zelosos pela Glória de Deus? Para mim, o avivamento é apenas para a Glória de Deus. Avivamento é uma invasão de Deus pelo Espírito. Se os Estados Unidos não vivenciarem um avivamento nos próximos 10 anos, será horrível viver neste país. / O crime está descontrolado, a imoralidade é abundante. Herpes, AIDS, todo o tipo de coisa diabólica está prosperando. Sem mencionar as seitas multimilionárias. É imprescindível que tenhamos um avivamento [invasão de Deus pelo Espírito].


Túmulo Leonard Ravenhill
Lápide de Leonard Ravenhill.
Inscrição no topo: "Carregado por Anjos".
Inscrição na base: "As coisas pelas quais você tem vivido valem a morte de Cristo?"

Leonard Ravenhill faleceu em Novembro de 1994. Seu ministério foi caracterizado pelo Poder do Espírito Santo decorrente do desenvolvimento da Vida Interior em Cristo no crente.


Leonard Ravenhill
Leonard Ravenhill.
(1907-1994)

 SUAS FRASES:


Não existia espaço para Ele na estalagem. Ele cresceu e não tinha lugar na sua família. Seus irmãos não creram n'Ele. Ele foi ao Templo, mas não tinha nenhuma sala para Ele. O Templo foi contra Ele. Quando Ele morreu não tinha espaço para o enterro. Morreu fora da cidade! Pois bem, por que, em nome de Deus, você espera ser aceito em toda a parte? O mundo não tolerou o Homem Santíssimo que já viveu, por que suportará a você e a mim? Será que estamos comprometidos? Será que não temos estatura espiritual? Será que nossa retidão não reflete sobre a corrupção deles?
Será que um marinheiro ficaria parado se ouvisse o clamor de um náufrago? Será que um médico permaneceria sentado comodamente, deixando seus pacientes morrerem? Será que um bombeiro, ao saber que alguém está perecendo no fogo, ficaria parado e não iria prestar-lhe socorro? E você, por que fica descansando na presença de Deus vendo o mundo ao seu redor ser condenado?
Homens dão conselhos; Deus dá orientações.
Todo mundo reconhece que Estevão era cheio do Espírito quando estava realizando maravilhas. Contudo, ele era igualmente cheio do Espírito quando estava sendo apedrejado até a morte.
Você pode ter todas as suas doutrinas de forma correta, muito embora ainda não tenha a presença de Deus.
Sua doutrina pode ser tão reta como uma arma - e tal qual vazia!
Vulcão
A oração em intimidade pessoal com o Senhor é como o agitar das brasas ardentes nas entranhas da terra sob o cone de um vulcão ainda inativo. Apesar de parecer eternamente inativo, cedo ou tarde haverá uma explosão.
Se somos fracos na oração, nós somos fracos em toda a parte.
A única razão pela qual não temos avivamento é porque estamos dispostos a viver sem ele!
Entretenimento
Como você quer derrubar as fortalezas de Satanás, se você não tem nem a força para desligar a TV?
O praticante de pecados deixa de orar, um homem de oração deixa de pecar [mesmo sendo pecador].
Existem apenas dois tipos de pessoas: os mortos em pecado e os mortos para o pecado.
Para fazer oposição para esta geração desejosa do pecado, só uma igreja ardente em oração.
Se Jesus pregasse a mesma mensagem que os pastores de hoje pregam, Ele nunca teria sido crucificado.
púlpito
Nenhum homem é maior do que sua vida de oração. O pastor que não está orando, está brincando. As pessoas que não estão orando estão enfraquecendo e caindo. O púlpito pode ser uma vitrine para mostrar os talentos de uma pessoa; já o quarto de oração não permite nenhum exibicionismo.
Muitos pastores me criticam por ter tomado o Evangelho com seriedade. Mas será que realmente pensam que no Dia do Julgamento, Cristo vai castigar-me, dizendo 'Leonard, você me levou muito a sério'?
A Igreja costumava ser um barco resgatando os que perecem. Agora, ela é um cruzeiro recrutando o promissor [próspero].
Quando existe algo na Bíblia que os cristãos não gostam, eles o chamam de 'legalismo'.
pentecostalismo
Que bem faz falar em línguas no domingo, se você esteve usando sua língua durante a semana para amaldiçoar e fofocar?
A questão não é se você foi desafiado. A questão é: 'você foi transformado'?
A minha maior ambição na vida é estar na lista dos mais procurados do Diabo.
Um verdadeiro pastor não indica apenas o caminho, mas conduz ao caminho.
Um evangelista popular atinge suas emoções. Um verdadeiro profeta alcança sua consciência.
A baixa moralidade prevalecente hoje em dia, bem como as tentativas das diversas seitas e cultos de dominar o mundo, deveria deixar-nos alarmados.




FONTE:

Livro: Por que tarda o pleno Avivamento?
Autor: Leonard Ravenhill.
Editora: Betânia. (Brasil).
Páginas: 160.

Vídeos no You Tube.

http://www.ravenhill.org/.


18 comentários:

  1. Parabéns!!precisamos de homens como esse em nossos dias!!que falem oque nois precisamos ouvir e não oque queremos ouvir!!um abraço Jean.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo seu depoimento!!!!

      Somos encorajados a promovermos biografias que inspirem os leitores...

      Graça e Paz em Cristo!!!!

      Excluir
  2. Infelizmente as igrejas estão como um bolo fermentado em excesso, inchado porém sem gosto.
    IRMÃO HAMINGTON EM DEFESA DO EVANGELHO!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradecemos pela observação! Realmente existe uma confusão que substitui o Evangelho Cristocêntrico por Marketing Gospel.

      Lutemos pelo Evangelho Cristocêntrico!!!

      Excluir
  3. len ravenhill, grande homem de Deus e inspiração pra todos nós. voltemos ao verdadeiro evangelho.

    ResponderExcluir
  4. Hoje para termos uma mensagem de um homem de Deus, temos que recorrer a internet pois geralmente onde vivemos não encontramos nenhum
    E claro que tudo tem que ser levado em oração. Lembra de Cornélio? Ele buscava a Deus com cinceridade e o próprio Senhor providenciou um meio para ele conhecer a verdade. Tive contato a alguns anos atrás com os escritos de AWToser grande homem de Deus e a partir dai, seguindo a mesma linha, e com a orientação do Senhor, conheci outros verdadeiros profetas como Ravenhil, David Wilkerson.





    ResponderExcluir
  5. estou aprendendo muito com esses escritos,sendo passados por verdadeiros homens de DEUS!!!

    ResponderExcluir
  6. Homens que respiravam Deus, que intimidade! Assisto sempre pregações de Leonard Ravenhill, David Wilkerson, Billy Graham , Jimmy swarggart, homens que pregaram a palavra de Deus com coragem e fervor.

    ResponderExcluir
  7. sinto Deus no meu espirito, meu coração esta em lagrimas, (nem um homem é maior que sua vida de oração) é muito forte são perolas. Jesus é o Senhor.

    ResponderExcluir
  8. sinto Deus no meu espirito, meu coração esta em lagrimas, (nem um homem é maior que sua vida de oração) é muito forte são perolas. Jesus é o Senhor.

    ResponderExcluir
  9. sinto Deus no meu espirito, meu coração esta em lagrimas, (nem um homem é maior que sua vida de oração) é muito forte são perolas. Jesus é o Senhor.

    ResponderExcluir
  10. Sabem me informar se já tem o livro memorial de Ravenhill traduzido aqui no Brasil? Agradeço.

    ResponderExcluir
  11. Sabem me informar se já tem o livro memorial de Ravenhill traduzido aqui no Brasil? Agradeço.

    ResponderExcluir
  12. Sabe meu irmão considero esse artigo sobre ele muito bom e importante para todos nós do corpo de Cristo, entretanto tenho uma critica sobre as primeiras frases lá em cima .O irmão Ravenhill sempre fez frente contra essas novas traduções e se Keith Daniel estiver certo uma vez o irmão Leonard deixou o púlpito porque a maioria dos presentes utilizavam-se dessas novas traduções. Sabe, fico muito triste ao ver em um artigo sobre um irmão que consumiu sua vida para fazer frentes essas novas e más traduções as primeiras palavras serem dessas traduções, espero que leia e compreenda que isso não faz jus ao irmão Leonard Ravenhill.( Más traduções NVI / NTLH)

    ResponderExcluir
  13. Grandes exemplos!! Homens honrados,não pregam(e não pregavam)o que querem ouvir e sim o que se precisa ouvir!!
    Gloria a Deus pela Vida desses Homens.
    Infelizmente o Evangelho Cristocêntrico e de Oração tem sido abandonado no Brasil,mas não podemos desitir,va,os orar por nossos pregadores e Lideres.

    Diferente de muitos pregadores o Pastor PAULO JUNIOR tem sido um grande proclamador do Evangelho Puro e verdadeiro no Brasil!!1

    Parabéns pelo Blog!!

    ResponderExcluir
  14. Hoje é a primeira vez que entro no seu Blog.
    Deixo aqui os meus sinceros parabéns e que Deus continue usando sua vida, pois há um trabalho maravilhoso ainda a ser feito pelas suas mãos.Abç!!

    ResponderExcluir